PDV (ponto de venda) é um local onde os produtos ficam expostos de maneira permanente nas lojas a serem vendidos para o consumidor final. Dessa forma, o PDV merece uma especial atenção por parte dos empreendedores, pois esses locais são responsáveis para atrair novos consumidores e deve apresentar diferenciais para superar a concorrência. Para tornar o processo de venda mais ágil, que equipamentos um PDV precisa para a automação comercial? Nesse artigo, apresentamos os principais equipamentos.

Além do merchandising, leiaute e checkout, os equipamentos são extremamente necessários para que todo processo de venda seja assertivo e produtivo. Por isso, os lojistas perceberam que a tecnologia se tornou uma aliada dos processos de gestão e assumiu um protagonismo também no setor de vendas, tanto para melhorar a percepção de valor do consumidor no atendimento, quanto para auxiliar na redução de custos, potencializando resultados.

Num mercado cada vez mais dinâmico e competitivo, os varejistas têm procurado formas de melhorar e otimizar o setor de vendas das lojas através do sistema de automação comercial. Com a utilização de aparelhos, um PDV se torna mais eficiente e produtivo, melhorando o resultado de toda loja.

Como implementar a automação comercial na sua loja

Qualquer sistema de automação comercial precisa ser planejado e executado com muito cuidado e atenção pelos varejistas. Confira o passo a passo para implementar a automação comercial na sua loja:

Passo 1 – Tome a decisão

 

A implementação de um sistema de gestão para automatizar seu PDV vai promover melhorias na produtividade da empresa como um todo. Ao implementar o software, há diversos custos envolvidos, o empreendedor deve tomar uma decisão para que todo processo corra de forma eficiente e rápida.

Passo 2 – Entenda o que a loja necessita

 

Depois da tomada de decisão, o lojista deve se questionar quais são suas necessidades, as prioridades da empresa e os maiores problemas.

Todas as respostas servirão como base para que o empreendedor procure os equipamentos e softwares adequados para solucionar os problemas de cada empresa.

O importante é encontrar um software de automação comercial que facilite a rotina da loja.

Passo 3 – Avalie os aparelhos do PDV que a loja vai precisar

 

Ao procurar o software de automação comercial, o lojista deve pensar no PDV, que o local mais importante e exige atenção de todo empreendedor. A legislação é bem específica no que diz respeito aos softwares e aparelhos.

A automação comercial se caracteriza pelo hardware e por software. O lojista deve avaliar as necessidades do seu PDV e definir quais aparelhos vão atender as demandas da sua loja.

Passo 4 – Prepare a implantação

 

Após esses passos, chegou o momento de contratar o software e comprar os aparelhos para instalar na sua loja. Para isso, toda equipe deverá ser treinada para usar os aparelhos no PDV.

O lojista deve acompanhar toda essa instalação de perto e seu funcionamento.

Passo 5 – Usufrua das vantagens da automação comercial

 

Após a instalação, o lojista deve usufruir de todas as vantagens que a automação comercial trará para sua empresa. Ao usar o sistema de gestão e os aparelhos para PDV, todos os processos da loja terão mais qualidade e os serviços oferecidos vão sofrer uma melhora, e por consequência, os lucros vão aumentar.

Aparelhos que um PDV precisa para a automação comercial

 

Balança

Aparelho usado em mercados, hortifruti, padarias, etc. Ela reúne recurso tecnológico para garantir uma pesagem confiável e pode ser instalada no PDV diretamente ou em um local específico no setor de vendas.

Em muitos mercados, a balança instalada no caixa agiliza o processo de compra e evita que o consumidor entre duas vezes na fila para comprar determinado produto.

 

Coletor de dados

É um dos principais aparelhos usados no PDV. Ele é capaz de capturar dados e transportá-los para o software de gestão da loja. Recomenda-se que para os pontos de venda, o coletor de dados seja portátil, pois dá mais conforto e garante mais produtividade.

Em muitas empresas, o coletor de dados facilita também a formação de relatórios gerenciais.

 

Computador

Esse equipamento é o principal responsável por interligar outros aparelhos como leitores de códigos de barras, balanças, gavetas, impressoras, entre outros por meio de entradas USB, serial ou teclado.

 O computador roda o sistema de PDV que concretiza a venda. Um sistema de PDV faz que o principal local da operação de venda trabalhe de forma mais eficiente e rápido. Isso evita problemas operacionais, fiscais e gerenciais para o varejista.

 

Gaveta

Esse aparelho organiza a operação de todos os pagamentos e agiliza o PDV, pois dá mais segurança para o controle de acesso às transações através da emissão de cupom fiscal.

 

Impressora térmica portátil

Esse aparelho faz toda diferença no PDV moderno. É um equipamento leve e anatômico, oferecendo mais conforto aos operadores, resultando em maior produtividade e lucro na loja.

 

Leitor de código de barras

É um aparelho versátil e barato utilizado em toda e qualquer aplicação que precise de um código de leitura, desde de cadastro de produto, pagamentos de contas, consulta de preços, etc. O leitor de código de barras é um dos aparelhos indispensáveis para o PDV.

 

Pin Pad

O Pin Pad, também conhecido como leitor de cartões, é um teclado especial que deve ser conectado ao computador via USB, em que o cliente passa o cartão de crédito ou débito e digita a senha. Esse aparelho é fundamental para a automação comercial quando envolve meios de pagamentos por meio de TEF (transferência eletrônica de fundos).

 

POS

Também é um equipamento para receber voucher e cartões de crédito ou débito. O POS (point of service ou point of sale) é geralmente ofertado pelas operadoras de cartões.

 

Terminal de consulta de preços

Esse aparelho é muito útil para os varejistas e permite que o cliente encontre os preços dos produtos por código de barras.

Conforme Decreto Federal nº 5.903, de 20 de setembro de 2006, a utilização desse aparelho foi regulamentada no mercado varejista. O equipamento deve ser instalado nas áreas de vendas. A distância máxima de um terminal e qualquer produto é de 15 metros.

Hoje em dia, há vários aparelhos a serem utilizados no PDV para a automação comercial, de diferentes marcas, funcionalidades e aplicações. A escolha dos aparelhos vai depender da necessidade de cada lojista.

Conheça as várias opções de  aparelhos para automação comercial que temos disponíveis para você aqui na Login.

Gostou? Compartilhe ;)