De sua criação, em 2008, até hoje, o aplicativo de mensagens instantâneas mais popular do mundo evoluiu muito. Possibilitou envio de áudios, chamadas telefônicas e até a função “stories”, status que desaparecem em 24 horas, como no Snapchat. A novidade do momento é o pagamento via WhatsApp.

Ainda em testes, a nova função deve ser inaugurada na Índia. Embora o Facebook, que é o detentor do serviço, não tenha admitido que a nova função tenha sido testada, há indícios de que ela esteja próxima de ser inaugurada.

Pagamento via WhatsApp em teste.

Segundo a agência de notícias Reuters, o WhatsApp tem procurado uma pessoa que seja referência em funcionalidades técnicas de aplicativo e finanças. A ideia seria integrar o aplicativo de mensagens instantâneas com a UPI (Interface Unificada de Pagamentos).

A UPI está ligada ao governo indiano e possibilita transações financeiras entre diferentes bancos. Ainda segundo a Reuters, a pessoa que é referência, buscada pelo WhatsApp, precisará entender os mecanismos do BHM. O BHM é um aplicativo que possibilita transferências através do telefone.

Por que Índia?

O país asiático tem o maior número de usuários do aplicativo, 200 milhões. A informação inicial de que os testes seriam feitos na Índia foi publicada pelo site de notícias The Ken, para em seguida ser confirmada pela agência Reuters.

O WhatsApp será o primeiro a ter a funcionalidade?

Não. O Messenger do Facebook, que curiosamente pertence ao mesmo grupo detentor do WhatsApp, já havia iniciado funcionalidade semelhante. O aplicativo de mensagens da rede social não deixa de rivalizar com o WhatsApp, mas tem muito menos usuários.

Fora do grupo Facebook, outros aplicativos de mensagens instantâneas, como Truecaller e WeChat, também ensaiaram a funcionalidade, mas não tem a mesma popularidade do WhatsApp.

O pagamento via WhatsApp promete causar! Se você não quer ficar por fora de notícias como essas novidades no mundo da tecnologia, clique aqui para assinar nossa newsletter!

Gostou? Compartilhe ;)