A possibilidade de ter em casa uma impressora, um scanner e uma copiadora em um mesmo aparelho faz muita gente comprar uma impressora multifuncional. Cá para nós, é muito mais prático do que ter vários aparelhos e todos os seus fios e cabos que os acompanham, não é verdade?

Comprar uma impressora multifuncional é um investimento que pode gerar economia de energia elétrica, dinheiro e recursos, a depender da maneira em que seja usada. Para isso, confira o que você precisa saber antes de comprar uma impressora multifuncional.

Laser ou tinta ao comprar uma impressora multifuncional?

comprar uma impressora

Assim como as impressoras convencionais, as impressoras multifuncionais podem ser a laser ou a jato de tinta. Se você não sabe com detalhes as diferenças, fique tranquilo: em poucas linhas você saberá distinguir a maneira de trabalhar de cada uma. Se você já sabe, não custa dar uma revisada até pularmos para o próximo passo.

As impressões das multifuncionais a laser funcionam através de toners, que armazenam uma espécie de pó. Ao ser aquecido, o pó transfere, através de cilindros, o texto ou imagem que será gravado na folha de papel.

Já as impressões das multifuncionais de tinta, como o nome já diz, funcionam através de cartuchos que despejam jatos de milhares de gotículas de tinta por segundo.

Em ambos os casos, tanto nas a laser como nas de jato de tintas, as imagens são feitas por três cores primárias, o ciano, a magenta e o amarelo, que juntos formam todas as combinações de cores que uma multifuncional pode formar. A outra cor é o preto, predominantemente nos textos.

Deu para entender mais ou menos né? É só lembrar daquelas tarefas na escola, quando a professora de arte do primário pedia para você misturar as cores. Daí você constatava que:

  1. Amarelo + vermelho = laranja.

  2. Amarelo + azul = verde.

  3. Azul + vermelho = roxo.

Bom, agora que você já sabe como funcionam as impressões no papel e quais as diferenças técnicas da impressora a laser e a jato de tinta, você deve estar se perguntando: qual eu devo comprar? Vai depender de seu uso, portanto, assinale a opção que mais se adequa à sua rotina:

  • A)    Minha multifuncional vai ficar em casa. Nem eu nem as pessoas em minha casa costumam usar tanto. No máximo, são 10 impressões por semana.
  • B)    Minha multifuncional vai ficar em minha casa/consultório/escritório. Preciso muito imprimir, pois minha profissão exige muitas impressões. Pelo menos 50 impressões por semana.
  • C)    Minha multifuncional vai ficar em minha empresa/escritório/gabinete. É inviável pensar no funcionamento do local sem uma multifuncional, são mais de 100 impressões por semana, que precisam ser rápidas e quero minimizar custos.

E aí, teve tempo de pensar nas opções acima! Seu relógio não está contando como no ENEM, mas quando quiser, veja o gabarito abaixo.

Respostas:

Multifuncional a jato de tinta.

Se você escolheu a letra “A”, te recomendo uma multifuncional a jato de tinta. Ela é mais barata, assim como os cartuchos são mais baratos que os toners.

Só compensaria ter uma multifuncional a laser se você imprime muito, afinal, ela é mais cara, mas seu rendimento é melhor. Os cartuchos com volume de tinta de 2.0 ml imprimem, em média, 110 páginas padrão (cartucho de tinta preta) e 95 páginas padrão (cartucho de três cores).

Com cartuchos com volume de tinta maior, de 8.5 ml para tinta preta e 7.5 ml para tinta de três cores, o rendimento pode levar seus cartuchos a durarem quase um ano com a média de 10 impressões semanais!

Afinal, o rendimento médio é de 455 páginas para o cartucho de tinta preta de 8.5 ml e 310 páginas padrão para cartucho de tinta colorida de 7.5 ml.

Nós aqui na Login temos uma grande variedade de impressoras para você, descubra aqui.

Multifuncional a laser.

Impressora multifuncional

Se você escolheu as letras “B” e “C”, prefira a multifuncional a laser. Ela pode imprimir em média 1.000 páginas padrão por toner. Isso encerra qualquer discussão.

O que é página padrão?

Página padrão é o nome que se dá ao uso de 5% de impressão em uma folha de papel A4, esse que é o tamanho de folha de papel mais comum em todo o mundo. Se você usar muitos negritos nas palavras, a cobertura pode chegar nos 10% da página.

Em um toner, se imprime em média 500 cópias com cobertura de 10% da página. A lógica é essa: na medida em que você aumenta o percentual de cobertura, você diminui o número de cópias possíveis por toner.

A lógica também vai para os cartuchos de tinta: as médias foram dadas levando em consideração o padrão de 5%, o mais usado em textos comuns, sem negrito.
Bom, tudo que eu expliquei agora é sobre o funcionamento básico de uma impressora, seja convencional ou multifuncional.

Agora, vamos entender a multifuncionalidade da impressora e os motivos pelos quais elas trazem inúmeras vantagens com relação à impressora convencional.

Menos cabos e fios.

Principalmente se seu computador é all in one ou notebook, você quer reduzir ao máximo o número de cabos e fios, não é verdade?

Bom, além do fato de elas serem conectadas via bluetooth ou wifi, o que dispensa a conexão via cabo com o computador, notebook, smartphone ou tablet, a execução das tarefas pode ser simultânea.

No momento em que um documento é scaneado, uma cópia sua já pode ser impressa, o que faz o funcionamento ser parecido ao de uma copiadora.

Se você tivesse uma impressora convencional e um scanner separados, precisaria scanear, depois abrir o arquivo e acionar o comando de impressão. Pensando em uma rotina de escritório, que requer velocidade, a multifuncionalidade pode economizar tempo. E tempo é dinheiro.

Dessa forma, o único fio servirá para conectar a rede elétrica, o que também dará mais espaço para que o seu computador ou notebook tenha mais espaços para encaixar outros dispositivos pela entrada USB. E se por acaso você optar por não usar wifi e bluetooth, com a impressora multifuncional, apenas uma conexão USB é requerida, ao invés de duas ou três (que seriam de scanner e copiadora).

Economia de energia elétrica.

Justamente por não serem três máquinas diferentes conectadas na tomada, o gasto de energia elétrica é menor.

Vale lembrar que, em uso no escritório, por exemplo, é complicado colocar e tirar a máquina da tomada todo o tempo.

Espaço dentro da casa.

Além de economia de dinheiro e energia elétrica, uma multifuncional também economiza espaço. Pela lógica, o espaço de um aparelho é menor do que o de três.

Obviamente, há muitos modelos de impressoras multifuncionais. As mais recomendadas para escritório, por exemplo, costumam ser maiores. As que são mais apropriadas para o lar costumam ser um pouco maiores do que uma impressora comum.

Já que estamos falando de espaço, anote essa dica: preste atenção ao ambiente em que vai ficar sua impressora multifuncional. Afinal, seu rendimento pode ser menor se exposta à umidade e temperaturas mais altas, por exemplo.

Também falando de espaço: não se preocupe em colocar a impressora multifuncional longe do computador ou dos computadores. Talvez, colocá-la em um local mais espaçoso, em um cantinho particular, seja a maneira mais cuidadosa.

Isso se você não precisar digitar, concluir um texto, imprimir e buscar impressões a todo o momento, com a comodidade de não precisar atravessar o corredor.

E aí, pronto para imprimir? Ou ainda falta scanear suas conclusões antes de pôr tinta ou laser no papel? Fique por dentro e curta nossas redes para receber ainda mais informações!

Gostou? Compartilhe ;)